Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Voos

A vida também acontece entre voos, entre momentos, entre o ontem e o amanhã. "Entre Voos" é um espaço de sentimentos feitos palavras, onde se espera pela vida como por um voo na sala de um qualquer aeroporto...

Entre Voos

A vida também acontece entre voos, entre momentos, entre o ontem e o amanhã. "Entre Voos" é um espaço de sentimentos feitos palavras, onde se espera pela vida como por um voo na sala de um qualquer aeroporto...

Tchim, tchim!

por Entre Voos, em 25.09.15

 

 

 

Uma parte de mim faz anos hoje… Alto, bonito, sensível, fantástico, completa mais um ano cheio de experiências boas e inicia outro ano com esperanças intactas no futuro adulto que se aproxima a passos largos. Parabéns! :o)

 

Caminho difícil o dele, ano após ano, a luta diária, o crescimento interior, o conhecer as suas forças e as suas fraquezas, mas está agora um homem feito, lindo, responsável, feliz e de sucesso :o) Um autêntico “fogo de artifício” nem mais, nem menos :) O brilho que ele tem hoje é resultado de todo o amor, carinho e dedicação que colocaste na sua educação, das experiências que lhe proporcionaste, das brigas que fez com o irmão, do colo, do apoio no estudo, das brincadeiras na piscina, das conversas, das brincadeiras na neve, das caches que descobriram juntos, das camisas às riscas que o obrigaste a vestir, dos exemplos de boa educação e respeito que lhe deste, enfim, daquilo que é e sustenta uma família: amor incondicional.

 

Quanto a ti, aniversariante, mostra à mãe (ainda mais) o quanto a adoras e o quanto reconheces tudo o que ela tem feito por ti ao longo destes anos todos, os sacrifícios, os raspanetes, as prendas, os castigos, tudo foi e é importante. Tu és uma das pessoas que a tua mãe mais adora no mundo! E não te chateies tanto com o teu irmão mais pequeno, sei que o adoras tanto quanto ele a ti. Protege a mãe e dá-lhe um beijo nos dias em que ela estiver triste com o mesmo amor com que ela soprou as tuas feridas nos joelhos. Não sejas nunca menos do que tudo o que a mãe te ensinou e quis para ti. Nos dias bons, dá-lhe um abraço só porque sim, ela vai entender :o) E de vez em quando, sem tristeza, dá uma gargalhada ao te lembrares das nossas tonteiras (eu sei que esteja onde estiver vou ouvir esse teu riso :o) e sabes que longe da vista não é longe do coração.)

 

Levanto deste lado um brinde a esse adolescente fantástico, a esses filhos, que tanto significado dão à existência, mesmo sabendo que um dia os caminhos da vida se encarregarão de criar em nós um aperto de saudade (e ansiedade) sempre que se afastarem de casa por mais de umas horas :o). Um dia eles irão trilhar o seu próprio caminho e aí, olhando de longe, a mãe irá sentar-se tranquila e com a certeza de ter feito um trabalho ímpar, a estrela mais brilhante do mundo a dar um pouco da sua luz a cada um deles, a iluminar-lhes o caminho, com cuidado, amor, paciência, dedicação e abnegação. Recebe estes parabéns soprados de longe, neste murmúrio que o vento e o tempo te farão chegar ao coração… Tchim, Tchim!

 

Licença Creative Commons

Direitos

Licença Creative Commons
Os textos de Entre Voos disponíveis em http://entrevoos.blogs.sapo.pt/ estão disponíveis com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Favoritos